Isto é minha imaginação?

imaginacao-e-tudo-o-que-voce-precisa-2Eu me deparo com a pergunta que mostra a descrença das pessoas quando se trata de acreditar naquilo que elas mesmas pensam e sentem. Não é raro, infelizmente, ouvir a frase, como se a imaginação fosse um monstro devorador distante de nós e, ao mesmo tempo, à espreita pronto para nos dar uma rasteira!

Como se a nossa imaginação não fosse nossa…ou não fosse nada…ou não fizesse parte de nós!

Diante do insólito que a imaginação traz, ficamos mesmo sem compreender racionalmente o significado dela, pois o conteúdo imaginativo não é totalmente do “mundo” consciente. Vamos procurar explicar como funciona o fluxo mental e consequentemente, o que de fato, é a imaginação.

Para conseguirmos lidar com os objetos, criamos imagens que os representam  pois a maior parte dos objetos externos são desconhecidos de nós, estão fora de nós. Desta forma, conhecemos apenas as imagens do mundo externo que são produzidas por nossa mente.

Portanto, a mente é o veículo do EU! A mente é como um espelho que reflete as imagens dos objetos:  Apenas A IMAGEM e não os objetos em si. Portanto, nosso EU é feito de IMAGENS!

Se não conhecemos as coisas em si, só conhecemos o EFEITO que essas coisas produzem em nossa consciência.

Temos, portanto, em nossa estrutura psíquica, somente o efeito que as imagens dos objetos nos deixam.
einstein-imaginacao
Embora se pareça com um espelho, a mente vai além. Não é mero reflexo, mas a reprodução do objeto. A imaginação, portanto, é a matéria mental que assume a forma do objeto e nós reproduzimos este objeto e o guardamos em nosso inconsciente, transformando em experiência, que por sua vez determinará como seremos; como será nossa personalidade.

Quando, algum dia, o conhecimento trouxer à tona o que armazenamos, e a isto vamos chamar: TOMAR CONSCIËNCIA, vamos nos identificar e desenvolver o poder de reproduzir a imagem armazenada em matéria real.

Explicando melhor, a imaginação é o primeiro passo de uma cadeia onde o fim é a criação. Nosso processo evolutivo, portanto, depende de nossa capacidade criativa, do nosso poder de imaginar em primeiro lugar para em seguida nos identificarmos com a imaginação e partirmos para o ato da criação.

O Dr. Jorge Adoum assim resumiu: “O pensamento esboça uma ideia e forma uma imagem mental; a imagem mental impele o homem ao ato; o ato é a origem do hábito; a repetição do ato forma o caráter e o caráter é o pai da vontade”.

Ainda estou para compreender porque as pessoas tem tanto medo de valorizar sua imaginação. Será por medo das mudanças? Porque logicamente, se eu der “asas” à minha imaginação, vou provocar mudanças em mim e no mundo à minha volta! E vejo o tanto que as pessoas se acomodam no mais ou menos do dia-a-dia pronto, feito pelo coletivo Medíocre ( no dicionário  de português: O que é medíocre: Mediano; sofrível; meão; insignificante). Alguém disse uma vez que uma mudança é como uma pedra lançada num lago calmo que através de círculos concêntricos vai sacudir todo o lago!

Tomar consciência daquilo que armazenamos ao longo da existência é fundamental para nosso crescimento e consequentemente, mudamos todos! Sair do mediano e poder dar saltos evolutivos é o que viemos fazer na vida.

Vamos, portanto exercitar a força da imaginação. Tenho certeza que iremos melhorar nossa vida, nossa qualidade de vida a passos largos. Pense em como o mundo é hostil e em como queremos nos afastar de tudo o que nos constrange e nos impede de ter paz de espírito.

Creia, será pela imaginação.

Carmem Farage
Carmem Farage

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *